Super Nintendo Entertainment Sistem (SNES)

Em 1990 era lançado o Super Nintendo Entertainment Sistem, só na época de lançamento foram vendidos 49 milhões de consoles, a nintendo trazia ao mundo o competidor direto do Sega Genesis (Mega Drive). Mais conhecido no Brasil como Super Nintendo, o video game revolucionou o mundo devido a sua qualidade gráfica e sua jogabilidade espetacular, o Super Nintendo foi fantástico para o Old School, todo filme, desenho e claro MARIO tinha presença confirmada no console, aliás é no console que as empresas potenciaram seus poderes economicos, revolucionando a jogabilidade, fazendo surgir novos gêneros e melhorando os gêneros antigos. A parte gráfica é sem duvidas um de seus melhores quisitos, ela era excelente para época (que antes era muito voltada aos pixels com a fraquissima 8bits). Sem duvida alguma o console marcou em muito a vida de muitas pessoas, até hoje trazendo lembraças de tardes jogando Zelda, ou ISS, infelizmente com a chegada do Playstation e o gasto MUITO mais barato em CDs a nintendo se viu obrigada a parar o lançamento do SNES, mas não terminando seu sucesso, pois ainda hoje em alguns países o console é vendido com um formato mais moderno.

O Console

O console teve algumas versões diferentes, mas a da imagem é a mais conhecida. O console tinha uma CPU que chegava a 3,58MhZ, fazendo poucos jogos travarem, adcionando mais velocidade a jogabilidade, um sistema de audio moderno para a época e até um formato bem bacana, ele tinha um botão central (versão americana), para a retirada do cartucho, um botão deslizante para ligar e outro para resetar, duas entradas de controlador e duas entradas trazeiras. Os gráficos permitiam sprites (desenhos) pequenos, o que atrapalhava um pouco (em alguns jogos de luta), tinha um sistema de 16bits que permitiam mais de 32 cores (256 por tv), o dobro do que seu antecessor permitia, os fundos mesmo não parecendo eram pixalizados, tinham sua textura baseada em pixels. Como de costume a nintendo usava um material bem barato para fabricar o vídeo-game, assim não gasta muito na produção e ganha muito nas venda

O Joystick

O joystick também tinha outras versões, a mais conhecida é a PAL (sem cores), minha irmã tinha um controle diferente aonde você podia desligar os botões no centro dele, parecido com o controle da imagem. O controle tinha doze botões sendo os de ombro (R e L) os menos usados, o encaixe era feito com um conector de sete pinos (o do N64 com de 4 e os da Sony usam 9), isso da mais velocidade ao movimento (assim que você aperta ele vai, em alguns jogos emulados no playstation eles demoram a responder aos comandos). O controle também não dificultava suas ações com as mãos, até facilitavam elas, já que um dedo podia cobrir os três botões, ele facilitava você a pegar a manha em alguns jogos.

Os Jogos  

Os cartuchos comportavam 4MB de memória, isso dificultou em alguns jogos que pareceram que ficaram “corridos” em sua fabricação, usando o sistema de ROMS para rodar os jogos, foram lançados 784 jogos (o número aumenta se contarmos os lançamentos exclusivos do Japão) de 90 a 98, sendo F-Zero e Super Mario World os primeiros e o ultimo Derby Stallion (só no Japão, o ultimo do ocidente foi Froggie) Tales of Phantasia e Star Ocean foram os maiores lançados expandindo um pouco os limites do cartucho. Uma chave do sucesso do SNES está aqui, pois manteve as parcerias antigas que lhe proporcionaram grandes nomes para o console, embora claro, o jogo mais vendido (Super Mario World) e o segundo (Super Mario All Stars) sejam da própria Nintendo, até o pior jogo mais vendido (Gasparzinho) vendeu 1 milhão de cópias KKK. Foram muitos sucessos, vou destacar claro, Super Mario World, Super Mario All Stars, Megaman (7, X, X2 e X3), International Super Star Soccer, Street Figher 2, Mortal Kombat, The Legend of Zelda: A Link from the past, Chrono Trigger, Breath of Fire (I e II), Donkey Kong Country, Final Fantasy (IV, V e VI) e MUITOS OUTROS 

Os Acessórios

Foram MUITOS acessórios lançados, devido as produtoras também colaborarem com esse negócio, não vou falar de todos, vou destacar os principais

1) Mouse → Acessório muito legal era utilizado obrigatóriamente em poucos jogos, vinha com um Mouse Pad

2) Super Game Boy → Mesma função do Transfer Pak do N64, só que esse é do Game Boy mais antigo, aumentava a qualidade gráfica

3) Super Scope → Arma de infravermelho, muito divertida

4) Justifier → Igual ao Scope porém menor e fabricado pela Konami, muito bom para simular o velho oeste

5) Satellaview → Modem Via Satélite, só lançado no Japão, o melhor acessório sem dúvidas permitia uma interação mais abrangente com os jogos, tinha seus próprios jogos…

6) Multitap → Permitia que mais pessoas pudessem jogar, muito bom, teve versões especiais fabricadas pela Hudson (Bomberman), fazia o limite de jogadores ir até oito em alguns jogos

Obrigado por lerem




Publicado em 7 de julho de 2011, em 1-SNES, Consoles e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Bela materia, mas o maior em memoria para o super famicom foi o Tengai Makyou Zero, rpg da Hudson com 72 megabits😉

    Curtir

  2. legal vou jogar breat fire ll

    Curtir

  3. Tempos dourados esse que infelizmete não volta mais e a única preocupação da época era arrumar o quarto e fazer os temas da escola kkk, muito boa ^ ^

    Curtir

  4. Mas lá existe sempre um dia ou dois depois de um dia de trabalho onde ainda existe um pouco de energia para estar com as minhas consolas e acabar mais alguns jogos que tenho andado a jogar.

    Curtir

  5. Um dos melhores consoles. Pode crer!

    Curtir

Antes de Comentar, Veja se sua dúvida já não foi respondida!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: