Sega Master System

Lançado no mercado em 85 no Japão e em 86 nos EUA, o Sega Master System foi um grande conhecido dos brasileiros, e o primeiro “sucesso” da sega. Sucesso entre aspas porque o console não fez sucesso nos grandes mercados, Japão e EUA onde foi largamente castigado, já que seu oponente era ninguém menos do que o melhor 8bits já criado: NES. Sem contar que a Nintendo tinha contratos de exclusividade com as principais softhouses, um veneno parecido com o que a Nintendo ia provar alguns anos mais tarde com o Nintendo 64… Com isso a Sega dependeu das próprias pernas para produzir jogos e como bem sabemos as pernas da Sega não correm muito bem, salvam-se algumas exceções. O principal destaque deste console certamente é que juntamente com seu sucessor (Sega Master System) eles fizeram um tremendo sucesso no Brasil, onde foi lançado em 89, nas mãos também da Tec Toy que inclusive lançou uma nova versão do console em 2009, além de várias outras versões (incluindo uma versão completamente rosa, para o público feminino), chegando inclusive a superar a Nintendo em vendas aqui no nosso território. Apesar do fracasso nos EUA, o console ficou em vigésimo em uma lista de vinte e cinco sobre os melhores video games lançados. Superando a Nintendo, aqui e na Europa o Master System merece ser estudado aqui no blog!

Console

O console tem várias versões, aqui no Brasil houveram cinco… Não vou me aventurar muito nas versões do console, são tantas como as do Mega Drive. Eu particularmente tenho problemas com a estética do console, acho ela muito estranha. Creio que isso também tenha algum certo tipo de influência nas vendas dos consoles da Sega, tanto que eles mudam de versão como mudam de roupa. Tecnicamente o console é até um pouco melhor que o NES e isso repercutia na qualidade técnica dos jogos, além é claro deles representarem fielmente as versões de arcade, com um bom processador e uma boa engine gráfica. Outro destaque é que o console tem duas mídias, uma eram uns cartões inseridos na frente do console e os populares cartuchos inseridos na parte de cima. Além desses conectores existiam os conectores para a manete que onde eram conectados grande parte dos acessórios. A segunda versão lançada já não possuía mais o conector para cartões e a terceira teve um singelo aumento de capacidade e memória, já que usava jogos built-in (jogos inclusos na memória do console).  Houveram também versões de relançamento, como um console que funcionava a pilhas e tinha alguns jogos na memória.

Joysticks

Eram manetes MUITO simples, para se ter noção o botão Pause ficava no console, o controle só possuía dois botões. Mostrando a simplicidade dos jogos da época, já que hoje em dia muitas vezes é necessário usar dois ou três botões para executar uma ação. Era um simples conector de nove pinos, que servia até em outros consoles sem precisar de modificação (não sei se funcionavam), mas tarde no Brasil foi lançado um joystick de seis botões parecido com o de Mega Drive que como os de seus primos não serviam para muita coisa. Havia também um controlador muito parecido com o de Atari (além de copiarem o esquema de nove pinos copiaram uma ideia do joy) em que tinha uma alavanca, porém na parte direita, ou seja, era para canhotos… Depois eles adaptaram a alavanca (diminuíram) e colocaram do lado “certo”.  O Joystick ganhou diversas versões acompanhando as versões dos consoles, mas essas modificações foram estéticas.

Jogos

Os jogos eram comportados em duas mídias: cartões e cartuchos. Os cartões são um pouco mais primitivos que os cartuchos, já que
comportam menos memória, porém os cartões também eram mais baratos, por uma questão de manufatura. Os cartuchos prevaleceram (mesmo sendo mais caros) e logo ofuscaram os cartões, que tiveram sua entrada removidos do console. Além disso houve um sistema de built-in que dispensava os tradicionais cartuchos (sinceramente acho isso uma mironguice, várias mídias). Pelo que me consta foram lançados 318 jogos para Master System, contando as modificações brazucas, muito populares no console. O primeiro jogo lançado é um caso curioso um jogo secreto que já vinha no console chamado Snail Maze. O jogo podia ser acessado ligando o console sem nenhum cartucho inserido então segure o botão para cima do direcional… Mais isso é um impasse porque creio que esse jogo tenha sido fabricado só nos consoles vendidos nos EUA, que foi lançado em 86, portanto o primeiro titulo do console foi Great Soccer lançado em outubro de 85. O ultimo jogo foi Mickey’s Ultimate Challenge em 98 e o mais vendido foi Alex Kidd in The Miracle World. O console teve jogos exclusivos para nós brasileiros como Sitío do Pica Pau Amarelo que nada mais deve ser do que um mod de algum game. O forte do console não eram os RPG, mais sim os jogos de plataforma e luta. Dentre os jogos podemos destacar Castle of Illusion, California Games (Jogos de Verão), Mortal Kombat (série), Sonic the Hedgehog, Black Belt, entre outros.

Acessórios

1) Light Phaser: Popular pistola de sensor, baseada na pistola de um animê chamado Zillion. A pistola teve um bom marketing sendo lançado até aqui no Brasil e teve uma quantidade de jogos alta para um acessório (geralmente os jogos são limitados)

2) SegaScope 3D: Um acessório bastante criativo, permitia você jogar alguns jogos, claro próprios para o acessório e ter a sensação de profundidade que o 3D proporciona, algo bastante inovador para a época, mas comum hoje graças ao 3DS

3) Handle Controller: Acessório para jogar jogos de nave, talvez se os jogos fossem mais avançados esse acessório teria mais graça, os jogos de nave da época eram aquele esquema de ir para um lado e para o outro atirando, portanto não creio que seja mais divertido jogar no manche.

Houveram também outros acessórios, muito variados. Houveram também os que não saíram do papel como um controle remoto e outros que não vi utilidade nenhuma, para mim esses três por uma questão de venda foram os mais importantes

Publicado em 21 de julho de 2012, em 3-Master System, Consoles e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Cara, que ótimo poder rever a infância através desses jogos!

    Curtir

Antes de Comentar, Veja se sua dúvida já não foi respondida!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: