Arquivos do Blog

Breath of Fire III, O Futuro da Saga – História Completa

Voltamos com a terceira instância da Saga Breath of Fire, pela primeira vez no PS1, vemos a atualização de uma game de outra geração.

Isso leva a uma história mais elaborada já que muitas limitações da era Super Nintendo foram ultrapassadas, agora temos um melhor gráfico e diálogo.

Assim vemos como eles tentam desenvolver melhor os personagens apesar das falhas que o jogo possui,

Breath of Fire I – https://youtu.be/c4a6T3-9-Qs
Breath of Fire II – https://youtu.be/vyQXj2tYDQc

Se torne um parceiro do Canal:

https://www.youtube.com/channel/UCr-80LooItrzEe4WlkNzJCw/join

Contatos:

Twitch: https://www.twitch.tv/eternal_players
Twitter: https://twitter.com/eternal_players
Instagram: https://www.instagram.com/eternal_players/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCr-80LooItrzEe4WlkNzJCw
Spotify: https://open.spotify.com/show/0Opw4Xdr9ySpqUCnhX69gq
ITunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/eternal-cast/id1457494556?mt=2
Blog: https://www.eternalplayers.wordpress.com
Facebook: https://www.facebook.com/BlogEternalPlayers/

Eternal Cast: Breath of Fire, Série Completa EP: #07

E contamos nossos histórias e experiências com toda a série de Breah of Fire, do 1 ao 6… do 1 ao 5, todos só fantásticos jogos serão analisados.

Se torne um parceiro do Canal:

https://www.youtube.com/channel/UCr-80LooItrzEe4WlkNzJCw/join

Contatos:

Twitch: https://www.twitch.tv/eternal_players
Twitter: https://twitter.com/eternal_players
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCr-80LooItrzEe4WlkNzJCw
Podcasts No ITunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/eternal-cast/id1457494556?mt=2
Blog: https://www.eternalplayers.wordpress.com
Facebook: https://www.facebook.com/BlogEternalPlayers/

Eternal History – Breath of Fire II – História Completa

Continuamos a série com a sequencia ao primeiro Breath of Fire, que se passa no mesmo mundo do primeiro, mas muito tempo depois.

Ainda viajamos por um vasto universo cheio de raças, demônios e monstros, enquanto vemos as estranhas ações de uma religião corrompida.

Se torne um parceiro do Canal:

https://www.youtube.com/channel/UCr-80LooItrzEe4WlkNzJCw/join

Contatos:

Twitch: https://www.twitch.tv/eternal_players
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCr-80LooItrzEe4WlkNzJCw
Podcasts No ITunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/eternal-cast/id1457494556?mt=2
Blog: https://www.eternalplayers.wordpress.com
Facebook: https://www.facebook.com/BlogEternalPlayers/

SNES / GBA – Breath of Fire I – Análise / Detonado parte 1

BoF0O primeiro jogo da série sem dúvidas começa bem, porém não é lá essas coisas. Para quem é fã claro o jogo é muito mais que um clássico é uma obra prima. Pessoalmente eu gostei do jogo, mas acho que ele podia ser melhorado, há jogos mais antigos que esse e são um pouco melhores, por que? Calma já vou explicar tudo na minha análise

Breath of Fire é deveras interessante, seja pela sua maneira cativante de nos apresentar a alguns personagens, mostrando a determinação deles nos fazendo ter um apego e criar laços de torcida para tais personagens. Seja pelos seus gráficos muito interessantes para sua época e muito satisfatórios, desenhos bem trabalhados, a forma física é bem interessante. Seja também pela história que não compromete ela é até empolgante te faz querer saber “o que vem agora?”, “qual o próximo personagem a entrar no time?”, “será que Zog é o malzão da história?”. A jogabilidade também é muito confortável, você pode ver o HP de seus inimigos, tem magias interessantes e reviravoltas na jogabilidade de certos personagens, além do foco na ação ser muito grande, você enfrenta vários chefes durante o jogo. Porém o jogo deixa a desejar em alguns aspectos…

O primeiro aspecto é que os personagens fazem uma jornada juntos, ou seja, passam MUITO tempo juntos, e na maioria das cutscenes do jogo (são poucas), há poucas interações entre eles, nem mesmo em dungeons, não há um momento onde o time se junta e conversa, é como se só andassem juntos por andar, e isso torna difícil de analisar o comportamento de certos personagens. Aliás, outro aspecto ruim vem nisso também, o aspecto é repitido, Ox, Bo e Ryu são quietos, 3 de 8 personagens compartilham de mesmas características, oras, coincidência ou falta de vontade dos desenvolvedores em dar um pouco mais de personalidade aos personagens. E por fim o jogo é tão não-linear, que você tem que rachar a cuca para saber o que fazer (sério, eu queimei o crânio para fazer este detonado, evitei ao máximo olhar em algumas fontes, mas fui obrigado), o jogo em si é fácil de ser completado, mas a falta de indicações de para onde ir, podem comprometer a vontade das pessoas de jogarem, porque uma hora enjoa procurar tanto, com os sons te ajudando (não que os sons sejam ruins, mas tente escutar uma música por horas)…

O sucesso do jogo fez com que ganhasse um port para Game Boy Advanced em 2001. Eu não joguei a versão de GBA, mas o jogo é exatamente o mesmo, as mudanças estão na qualidade gráfica (as sprites são um pouco maiores e mais detalhadas), o som é bem melhor. Adcionaram cutscenes extras das quais eu não sei o conteúdo. Também adicionaram coisas próprias do GBA, como o link, você pode trocar itens com seus amigos. Outra coisa que fizeram foi dar uma facilitada no jogo, dobrando xp e gold recebidos, fora também o fato de o menu da batalha estar diferente está semelhante ao de BOF2 para GBA. O detonado servirá para as duas versões!

Concluindo o jogo é bom, mas poderia ser melhor, as vezes penso que houve uma preocupação com certas coisas que eles consideravam importantes, e deixaram de lado coisas menos importantes, podem até realmente ser, mas são essênciais para a lógica de um RPG

Nota: 8,2/10

*A nota se refere a versão de SNES

Leia o resto deste post