Arquivos do Blog

Eternal History – Crash Bandicoot N. Sane Trilogy – História Completa

História de Crash Bandcoot N. Sane Trilogy, remake dos clássicos de PS1 Crash, Crash 2 Cortex Stikes Back e Crash 3 Warped.

Crash Bandicoot: 0:03
Crash 2 Cortex Strikes Back: 4:30
Crash 3 Warped 9:07

Mesmo que o destaque seja a plataforma, Crash também possui uma história simples porém interessante que muitos nem percebem. Espero que gostem desse vídeo.

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCr-80LooItrzEe4WlkNzJCw
Blog: https://www.eternalplayers.wordpress.com
Facebook: https://www.facebook.com/BlogEternalPlayers/

Por: Matheus C. Sardinha

Anúncios

GBA – Final Fantasy I & II: Dawn of Souls – Análise / Detonado

Dawn of Souls

Final Fantasy I & II: Dawn of Souls é o segundo remake de Final Fantasy I e II (o primeiro foi Final Fantasy Origins para PS1). Aqui encontramos duas relíquias na história dos RPGs de console, certamente dois jogos que qualquer jogador de RPGs deve conhecer. O jogo que salvou a Square da falência está adequado a geração portátil, foi facilitado, desagradando alguns que admiravam-no pela dificuldade; além disso o jogo conta com alguns desafios extras que trazem inimigos conhecidos dos Final Fantasys que vieram em sequência. Já sua “sequência” também volta com as faces dos personagens mais bem trabalhadas, lugares remodelados, uma estrutura bem melhorada, mantendo o charme de seu enredo bem construído e seu sistema de leveling inovador; trazendo também a dungeon extra “Soul of Rebirth” que trás de volta personagens que morreram ao longo do jogo.  A ideia de trazer estes games para GBA é perfeita, já que o console portátil da Nintendo é um dos mais populares do mundo e trazer estes clássicos para um console mais atual e popular é uma grande sacada para quem quer gosta da série e quer conhecer seus primeiros títulos sem sofrer com as versões de NES.  O jogo além de vir com os primeiros Final Fantasy, conta também com uma seção de Bestiary, onde você pode “colecionar” os monstros que enfrentou, e ver as fraquezas e drops de cada um, tendo assim um database dentro do próprio jogo! Além disso falando da seção de bestiary, existem alguns easter eggs, como o Lesser Tiger que é a cara do Sabercat de Dragon Quest. Com gráficos charmosos, sons mixados, e desafios novos Dawn of Souls. Mesmo que só passe por cima dos defeitos técnicos dos jogos de NES, tentando manter a lealdade a essas versões, Dawn of Souls se torna port ideal para o GBA, se você não conhece a série e quer jogar os seus primórdios comece com Final Fantasy I & II: Dawn of Souls.

Nota: 8,1/10

*A nota é uma média dos dois Final Fantasy que vem no cartucho.

Leia o resto deste post

PS1 – Final Fantasy Anthology – Análise / Detonados / Segredos / Dicas

FF_Anthology_CoverFinal Fantasy Anthology foi lançado apenas no ocidente, na América do Norte em 1999 e na Europa em 2002, sendo uma compilação dos Final Fantasys de Super Nintendo. A versão europeia nos apresenta Final Fantasy IV e Final Fantasy V, enquanto a americana apresenta Final Fantasy V e Final Fantasy VI. Final Fantasy VI do Anthology foi completamente atualizado tecnicamente. Os sons e os gráficos estão melhorados além de novas cutscenes e cenas em CGI. Além disso um CD com as músicas dos jogos foi incluída na versão americana do jogo. É claro que não da para analisar a compilação como um jogo só, sendo que ele reúne o melhor do que Final Fantasy ofereceu nos anos 90. Alguns críticos não gostaram muito dos ports, mas para nós a diversão é a mesma e é o que prevalece!

Nota: 9,3* / 10

* Média referente as notas dos outros Final Fantasys.

Leia o resto deste post

Mega Drive – Sega Top Ten (Mega 10 Jogos) – Análises / Dicas / Detonados / Segredos

IntroAntes de lerem meu artigo, ele não é sobre um top dez dos melhores jogos que a Sega produziu. E mesmo que seja não foi decidido por mim que seria assim! Este artigo sim trata-se de uma fita pack-in (que já vem com o videogame) que fez a alegria de muitas pessoas, já que ela vinha com 10 jogos incluídos e não se tratavam de jogos porcaria não, alguns claro são jogos de menos poder apelativo, mas nem por isso deixam de ser bons. A fita tem a ROM rara, mas acredito que ela não deva ser tão rara assim, já que existem toneladas de exemplares dela no mercado livre. Porém não existe nenhuma informação dela na internet, já que acredito eu essa fita foi distribuída em larga escala aqui no Brasil, lá nos EUA ela tem um nome diferente e possuí a diferença de ter Shadow Dancer no lugar de Revenge of Shinobi. Esta fita me causa uma sensação de nostalgia incrível, afinal de contas o que dos anos 90 que eu joguei nos anos 2000 não me causa nostalgia? Me lembro de ir dormir na casa do meu primo que possuía um Mega Drive e acordávamos cedo com a maior cautela, ligávamos o videogame e decidíamos fechar algum jogo, nossa maior meta era um dia virar a noite jogando, coisa que nunca fizemos! Espero que curtam essa viagem comigo ao Sega Top Ten… Sobre as tags elas se referem aos jogos inclusos na fita, este cartucho não possuí nenhum segredo para desbloquear outros jogos, se veio aqui procurar isso esqueça! CLIQUE NOS TÍTULOS PARA VEREM OS ARTIGOS COMPLETOS!

Intro2

Nota: 7,4* / 10

*A nota é uma média da nota dos jogos inclusos na fita

Leia o resto deste post

SNES – Super Mario All Star – Análise / Dicas / Truques

Como provavelmente você já deve ter visto eu já tinha criado artigos sobre os jogos da série Super Mario All Star , mas não criei um artigo principal para o jogo, coisa que estou fazendo agora. PARA VER SUAS DICAS E TRUQUES CLIQUE AONDE É PEDIDO EM CADA PARTE DOS JOGOS NESTE ARTIGO (por enquanto só temos do Bros 1, Bros 3 e Super Mario World)


Análise:

Talvez a melhor idéia da Nintendo nessa época, juntar remakes de 4 jogos do Mario de NES em um cartucho, e ainda por cima incluir o Super Mario World(existe uma versão com e uma sem ele) no pacote, na minha opinião esse era o melhor cartucho do SNES, levando em conta jogo por jogo eu não acho nenhum desses nem de longe o melhor de SNES, tem gente que acha isso é  uma questão pessoal, mas por ter tanto material de qualidade reunido na mesma fita, acho que valia cada centavo, eu tive poucas fitas, mas sem dúvida essa foi a melhor delas.

Tirando o Bros 2 gostei de todos os jogos, todos tem um estilo diferente por exemplo o Bros 3 tem um mapa para cada mundo e os itens influenciam o campo, o World tem seu mapa-múndi mas os itens só funcionam nas fases e o Bros não tem mapa, Isso é apenas uma coisa que estou citando mas existem várias, mesmo os jogos sendo parecidos.

Explicarei melhor jogo a jogo logo abaixo. Você também vai ver a evolução que os gráficos tiveram dês de o Mario Bros até o World, acho que foi proposital deixar os remakes mais antigos com gráficos piores e ir avançando até chegar ao Bros 3.

Ponto Forte: Cinco jogos em um.

Ponto Fraco: Os cinco jogos são de fase. (Isso é normal de um colection, mas não deixa de ser uma fraqueza).

Nota: 7,6 / 10,0  (média)

Leia o resto deste post