Secret of Mana X Secret Of Evermore

Há muito tempo queria escrever este artigo, pois já ouvi várias vezes, pessoas dizendo coisas do tipo:

“SoM” é Melhor! e outros dizendo: “SoE” é que é o melhor!. Bem este especial irá tirar suas dúvidas quanto a semelhança, tanto nos personagens como no modo de batalha, o sistema composto pelo “Anel” de ações e magias,etc.

Ao longo do texto você perceberá, que apesar destas semelhanças, os universos são totalmente destintos… Não é aquele velho caso de história reciclada, não, cada “Secret” possui a sua e ambas são bem escritas…

OK falador! Você não vai começar?! Let’s Go!

  

Dados

         Secret of Mana
        Lançamento: 03/04/1993 (Japão)
06/08/1993 (EUA)
Plataforma: Super Nintendo
Gênero: Action RPG
   Produção: Square Soft
(Atual Square Enix) 

  .

        Secret Of Evermore
       Lançamento: 01/10/1995 (Japão)
      02/02/1996 (EUA)
Plataforma: Super Nintendo
Gênero: Action RPG
   Produção: Square Soft EUA
(Grupo Ocidental) 
 

 

___________________________________________

Em 1993, a Square Soft lançava uma de suas mais preciosas pérolas, que duraria até os dias de hoje, sempre relembrada com muito afeto e elogios. Estamos falando de “Secret of Mana”, lançado lá por volta do terceiro ano na fase das grandes produções de RPG’s para o console Super Nintendo, com trilha sonora de Hiroki Kikuta. Este título, embora tenha sofrido pressão de lançamento pela poderosa Nintendo, mudanças na história e personagens, no final se manteve firme e cada vez mas ganhava o amor e admiração de fãs do gênero. E por falar nisso, muitas pessoas aderiram ao estilo, graças a este título.
Na cronologia, este seria o segundo título na saga “Seiken Densetsu”, a lenda da espada sagrada, sendo o primeiro lançado para Game Boy, sendo refeito mais tarde para GBA, na sequência deste temos: Seiken Densetsu 3 (Mana 2) e Dawn of Mana. Fora da cronologia temos: Legend of Mana, Heroes of Mana e Children of Mana.

“SoM”, foi inovador, pois não utilizava o conhecido sistema por turnos, mas sim um sistema ativo, semelhante ao “Zelda – A Link to the Past”, porém os ataques dos personagens só eram fortes, quando se esperava uma mini barra localizada abaixo da tela se encher, ela era o tempo limite, mesmo que você pudesse andar livre e solto pelo cenário, se arriscar à ficar encostado em um inimigo batendo feito louco, não era muito aconselhável.

Outro item peculiar deste novo título, era o sistema de menu conhecido como “Ring Command Menu” , nele, não importava em qual parte do jogo você se encontra-se, ao ser acionado, o novo sistema dos aneis, pausava a cena pra as escolhas de itens, magias, equipamentos, etc, ao invés de pular de tela, como estávamos acostumados a ver em alguns Final Fantasy’s e em alguns outros títulos da época.

Ok, como todos sabemos a Square possui uma sede no japão e uma outra responsável por traduções, nos EUA.
Em 1992, tal sede começava seu projeto primeiro projeto independente de sua sede mãe no Japão, óbvio que isso seria um feito grandioso, o nome de tal projeto era “Evermore”, um belo nome, com a ascenção de Densetsu 2, obviamente a inspiração para criação de Evermore era Secret of Mana, ok, nenhum problema, como sabemos Final Fantasy foi inspirado em Dragon Quest.

Em outubro de 1995, saía “Secret of Evermore” com trilha de Jeremy Soule, ( Espera aí, não era Evermore?!), apesar de espantoso, essa foi a ordem dada pelos superiores, adicionar um ‘Secret” ao nome. Na idéia do sujeito que deu a ordem, isso chamaria a atenção dos amantes de SoM, mas foi um baita erro, pois como dito, a equipe se inspirou em Mana e como causa disso notamos semelhanças entre os personagens principais, apenas eles, o modo de batalha em tempo livre e com a barra ativa e o sistema de anéis, porém “SoE” tinha um diferencial, suas músicas e gráficos eram muito superiores aos de Mana, assunto que trataremos mais à frente.

História

Secret of Mana: A história acontece após uma guerra entre a civilização e os “deuses”, pelo uso do poder que fluente de mana para abastecer a “Fortaleza de Mana”, uma embarcação de guerra voadora. Usando o poder da Espada Sagrada, um herói destruiu a fortaleza e devolveu a paz ao mundo.

Tudo começa novamente, quando três garotos da vila Potos, desobedecendo as instruções do Ancião, vão à uma cachoeira próxima, onde possivelmente há um tesouro. Um deles tropeça e cai no lago, onde acaba encontrando uma espada enferrujada presa a uma pedra. Guiando-se por uma voz, ele retira a espada e liberta monstros em Potos e por todo o reino. Os aldeões interpretando a remoção da espada como um mal presságio, banem o garoto da vila. Um cavaleiro chamado Jema reconhece a lâmina como a lendária Espada Sagrada de Mana, e encoraja o garoto a reenergizá-la através dos 8 Templos de Mana. Durante sua jornada, ele se une á um “duende” e a filha de um nobre de Pandora. O duende orfão, inicialmente tenta trapacear mas depois acaba juntando-se ao garoto na esperança de recobrar sua memória. A garota une-se ao grupo na busca de seu amado, Dyluck, um oficial do exército de Pandora que está desaparecido.

Através de suas viagens, o trio é perseguido pelo Império, que procura libertar as oito Sementes de Mana e reviver a Fortaleza. Sem saber, o imperador e seus subordinados estão sendo manipulados por Thanatos, um demônio antigo que ofereceu-lhes ajuda para dominar o mundo. 

______________________________________

Secret of Evermore: Na história, um garoto/rapaz apaixonado por cinema (que à todo momento lembra-se de cenas de seus filmes favoritos) e seu cachorro lutam em uma espécie de mundo paralelo para voltar para casa. A dupla se mete em tal confusão quando o cão resolveu perseguir um gato e acabou entrando no laboratório de um cientista, em uma mansão velha e abandonada. Por acidente (após o cachorro morder os fios), eles são transportados para Evermore, uma terra na qual coexistem lugares nos quais o tempo parece equivalente à pré-história, Idade Antiga, Idade Média e um futuro robótico.

Viajando por essas terras, você descobre que uma mente maligna por de trás do cientista está tentando dominar Evermore e mantendo o inventor e seus amigos presos no mundo paralelo. Então, para voltar para casa, ele e seu fiel cachorro precisam derrotar o traidor. ( Um dos grandes destaques do jogo, está logo no começo ao enfrenar “The Giant Bug, jogue e saberá o porquê. )

diferenças

Em Evermore, você pode controlar apenas dois personagens e não três, como em mana, o menino e o seu cão, o foco está justamente aí, você pode utilizar o cão para resolver puzzles, aliás, você deve, pois existem partes impossíveis sem ele. O humor de SoE está justamente na relação do protagonista e seu cão, e a cada nova área visitada, ele muda de raça e cor (até um um poodle rosa), além do que ele é muito útil, pois pode farejar itens essenciais escondidos para você, quando ele parar e não sair dali, cheque o lugar e bingo! Não quero passar a impressão de que um ou outro é melhor, mas mostrar suas diferenças, para os duvidosos ou para os preconceituosos que nem chegaram a jogar esse ótimo e injustiçado game que é o SoE.

Mana possui uma trilha sonora muito boa, excelente, com grandes títulos, sempre colocada e configurada de uma maneira perfeita e na hora certa, o que o torna ainda mais um clássico, porém composta por músicas mesmo, já a trilha de Evermore, óbvio que também possui músicas (destaque para a música dos Bosses), mas seus produtores e compositores focaram mais em sons ambientais, como pássaros, barulho de bolhas no pântano, o que deixa o jogo muito realista, em uma parte da história que se passa em um agrande feira, é impressionante como os sons parecem reais, até as conversas embaralhadas de várias pessoas são muito reais.

E antes de esquecermos, em Mana conjura-se magias pelo uso de itens ou anéis, já em Evermore, o grande destaque e o charme, é a alquimia, você aprende novas técnicas e receitas e com os itens certos, você ficar super poderoso, massacrando inimigos em determinadas partes, o que pode te ajudar muito.

Mas e os gráficos? Aí é que está, Evermore nesse quesito supera Mana, com gráficos e balões de diálogos mais trabalhados, existem cenários em Evermore que são verdadeiras obras de artes. Percebe-se semelhanças em raros lugares com Mana, mas isso é difícil mesmo. Aqui vai um exemplo de gráfico dos dois títulos:

Com olhos aguçados, percebe-se logo de cara, a superioridade gráfica de Evermore, gráficos que Mana só veio a ficar cara à cara em seu terceiro jogo, Seiken Densetsu 3. Quando estiver jogando Evermore vai se lembrar deste texto, quando chegar até a Dark Forest, um dos cenários mais belos de todo o jogo.

Quanto a trilha sonora, só conferindo mesmo:

Secret of Mana OST – Danger ~ Boss Battle Theme ( Youtube por:  )

Secret Of Evermore – Boss Theme 2 ( Youtube por:  )

Dá pra ver que a trilha de SoE, não é brincadeira, esse é um quesito em especial de Evermore, que briga com Mana em um jogo limpo, e olhe que Mana possui uma das mais belas OST’s em games.

___________________________________________

Conclusão: Espero ter ajudado à todos com as vossas dúvidas, referentes à esses clássicos maravilhosos de vida eterna. Antes de dizer: “Nossa como é semelhante” ou “Eu não gostei deste ou daquele”, analise com carinho, pois apesar das semelhanças, que acredite, não são muitas, são dois grandiosos títulos e o discriminado e injustiçado Evermore, com certeza será um de seus melhores gameplays, e não espere um jogo fácil, pois assim como Mana, ele tem seus momentos que vão lhe fazer se descabelar com seus puzzles. Fico por aqui, espero que gostem.

Publicado em 17 de novembro de 2011, em Especiais e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 13 Comentários.

  1. Os dois são jogos maravilhosos para o sistema Super Nintendo! Fica até difícil de se escolher, e de fato são aventuras inesquecíveis! Trabalho de maestria da Square!
    Bons tempos!

    Curtir

  2. Dois jogaços! Em se tratando de sistema de jogo, não tem como escolher um, mas cada um tem o seu charme no tipo de enredo. Definitivamente, não se fazem RPG como antigamente. O último que joguei no DS (Children of Mana) foi uma bosta! Deu vontade de jogar SoE de novo (só joguei quando ainda tínhamos um console SNES em casa), já o SoM eu não tive a oportunidade de jogar no console (morar no interior privava a gente de muitos lançamentos), mas foi um dos primeiros jogos que debulhei no emulador.

    Curtir

  3. boa materia,sempre achei os dois otimos jogos,mas gosto mais de evermore,por ter aspecto sombrio!!!!

    Curtir

  4. Cara otimo post ! Sou retrogamer, fa de RPGs e adorava ambos os jogos. Na minha humilde opiniao, SoE era superior a SoM em diversos aspectos. A trilha sonora de SoE era sensacional e envolvente. A musica que tocava tipo na abertura, qd vc nao apertava start e apareciam cenas do jogo, era muito linda! SoM possuia belas composicoes, mas tecnicamente falando, eu achava os efeitos sonoros um pouco arcaicos. SoE era um pseudo upgrade de SoM. A parte do Big Bug e de cair o queixo. E realmente, a primeira vez que vc entra na feira e incrivel (ou era na epoca), com burburinho e risadas. SoM e SoE foram minhas primeiras experiencias no mundo dos RPGs. Otimos jogos, otimo post, tudo otimo!!! Parabens! So me desculpa a falta de acentuacao…num teclado mega desconfigurado de um pc do trabalho ! Abracos!

    Curtir

  5. De boa cara, deu pra notar como a sua preferencia é pelo Secret of Evermore. Mas de boa, eu nunca vou perdoar a Square por deixar de lançar Seiken Densetsu 3 e ter lançado esse dai, visto que os dois tanto SoE e SD3 foram lançados no mesmo ano de 1995,(que é mt melhor em tudo, a quantidade de personagens para jogar, a qualidade musical superior de Hiroki, a historia que muda constantemente dependendo de suas escolhas, o Grafico é melhor ate que Chrono Trigger pra vc ter uma ideia) e não existe SoE japones, assim como não existe SD3 em ingles oficialmente. Espero que você jogue o SD3 (Secret of Mana 2) ate o final. E de boa, a musica do Boss Theme do SoE não chega nem perto da musicas de batalha do SoM, imagina do Final Boss..
    mas é como é, cada um com seu gosto.. Mas pra mim 1000x Seiken Densetsu.

    Curtir

  6. eu queria ver os detonaodos dos dois jogos, ias ser legal

    Curtir

  7. EU gosto particularmente dos dois, pois são historia diferentes, mas voce sente logo de inicio a semelhança entre eles. porem SoM foi lançado primeiro e a historia me envolveu mais do que a SoE. Mas eu gosto dos dois jogos por igual pois é muito legal jogar e ter a ideia que o seu DOG vai junto lhe ajudando.

    Curtir

  8. Ah, que legal o post! Eu já joguei SoM e estou jogando SoE e estou adorando, mas por enquanto meu preferido é mesmo SoM!

    Curtir

Antes de Comentar, Veja se sua dúvida já não foi respondida!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: